ROI: conheça a importância do indicador para suas estratégias de Marketing

O ROI, abreviação de Retorno Sobre o Investimento, é um daqueles números que são queridinhos na hora de dar concretude aos esforços das equipes – sejam elas em Marketing ou em outras áreas da empresa. Ele é útil tanto para mostrar resultados quanto para tomar decisões estratégias mais assertivas.

Por isso, siga com a leitura deste texto para saber mais sobre o ROI, sua importância, benefícios que traz e dicas especiais para analisar esse dado.

O que é ROI?

O Retorno Sobre o Investimento (ROI) é um indicador financeiro que relaciona o dinheiro investido em determinada campanha com o lucro que a mesma gerou. A sua aplicação ocorre a partir de uma fórmula matemática, essa que ajuda a tangibilizar para membros da equipe e lideranças o quanto uma determinada estratégia está dando certo ou não.

O ROI faz sentido para as mais variadas áreas de uma empresa, isso porque torna o processo de tomada de decisão mais seguro. E, se tratando de Marketing Digital, esse indicador possibilita avaliar os empenhos de ações feitas na internet. 

Com o acompanhamento em tempo real, pode-se avaliar quais campanhas estão dando certo e merecem mais investimentos. Ou, então, quais são aquelas que podem ser substituídas por outras. 

Nesse sentido, vale destacar que algumas das possibilidades do cálculo no Marketing são o ROI de E-mail Marketing, ROI de campanhas no Ads, ROI de SEO… Enfim, essas e outras alternativas podem passar pelo crivo do ROI.

Qual a importância do ROI?

Fazer o cálculo do ROI é essencial na hora de fazer planejamentos de Marketing Digital. Com ele, é possível responder a questões muito importantes na hora de determinar planos de ação, como “qual meu canal de comunicação mais eficaz?” ou “será que estamos indo pela direção certa nessa estratégia?”.

Sendo assim, com o uso do ROI, você pode seguir com seu plano inicial, dobrar ou cortar investimentos, substituir uma campanha por outra… Enfim, tudo o que for preciso para alcançar os resultados almejados.

Com o olhar atento a esse indicador, é mais provável chegar a novas vendas e mais lucro. E por se tratar de um número, o ROI é uma ótima ferramenta para destacar as vantagens do Marketing Digital para investidores.

Cálculo ROI: como fazer?

O cálculo do ROI leva em consideração todos os gastos com uma ação e a receita que ela gerou. Ao final, chega-se a um número que informa quantos reais foram conquistados para cada real investido. Veja a fórmula abaixo:

 

Cálculo do ROI

ROI = (Lucro gerado pela ação – Custos do investimento) / Custos do investimento

 

Um ponto super importante para prestar atenção aqui: considere todos os custos, mesmo, por mais pequenos que sejam. Isso vai deixar o resultado final muito mais alinhado com a realidade, fazendo com que a tomada de decisão seja mais precisa ao fim do processo. 

“E se o resultado do ROI for um número negativo?” Bom, daí significa que, na verdade, você teve prejuízo na sua ação de Marketing. Então, já sabe: considere trocá-la ou substituí-la por outra opção, combinado?

E para quem gosta de trabalhar com porcentagens, o ROI também tem essa possibilidade! Basta multiplicar a fórmula por 100, como mostramos abaixo:

 

Cálculo do ROI em porcentagem

ROI = [(Lucro gerado pela ação – Custos do investimento) / Custos do investimento] x 100

Quais os benefícios de calcular o ROI?

Ok, sabemos que o ROI tem como objetivo primário auxiliar na tomada de decisão na hora de realizar novos investimentos. Na sequência, mostramos mais alguns benefícios do ROI:

  • Alterar estratégias em curso: se você perceber que, enquanto as estratégias estão ocorrendo, alguma delas tem um desempenho inferior ao desejado, é possível criar novas rotas. Que tal substituí-la por outra, por exemplo?
  • Desenvolver planejamentos de Marketing: com a experiência adquirida em cálculos de ROI prévios você pode sugerir planos de ação com maior embasamento. Na prática, é evitar aqueles investimentos que não se mostraram tão eficazes e olhar com carinho para aqueles que trouxeram bons frutos.
  • Entender os melhores canais de comunicação: dentro de cada setor da empresa é possível identificar quais são os canais de comunicação que melhor funcionam na hora de elaborar estratégias. Por exemplo, em Marketing, podemos avaliar o que está rendendo mais lucro: uma campanha em AdWords ou em E-mail Marketing?
  • Redução de custos: esse benefício do ROI está na sua essência. O raciocínio é simples: ao cortar os investimentos com ROI negativo, você automaticamente está reduzindo os custos da empresa.
  • Descobrir as maiores fontes de lucro da empresa: o ROI ajuda a entender qual é o carro chefe da empresa. Ou seja, se são os investimentos em Marketing ou em outras áreas. 
  • Aproximação das metas: se o ROI ajuda a fechar mais vendas e obter mais lucro, faz sentido pensar que o cálculo é um meio para se aproximar das metas pré estabelecidas.

Crescimento na autoestima do time: a equipe que se percebe chegando perto das metas certamente fica feliz com o resultado do seu trabalho. Ao ver o esforço concretizado em bons números de ROI, a autoestima geral do time cresce – o que deixa o ambiente de trabalho bem mais para cima.

Quais as limitações no cálculo do ROI?

Sim, o ROI traz diversos benefícios para as empresas, como mostramos no tópico anterior a este. Mas é preciso ter cuidado: o ROI tem suas limitações. E também vale destacar a máxima que nenhum indicador é suficiente sozinho. Eles justamente são pensados para a utilização em conjunto. 

Por isso, não se esqueça que isoladamente o ROI não diz nada. O cálculo do ROI é importante, mas deve ser feito em paralelo a análises de outros indicadores. Até porque o ROI não consegue trazer todas as informações possíveis sobre uma campanha, então ele precisa de reforços que auxiliem a estudar outras pontas que o ROI não mostra.

Além do mais, o ROI não considera variáveis de tempo. Alguns investimentos mostram mais retorno em determinadas épocas do ano, por exemplo, além de que a inflação também pode afetar o cálculo. E essas particularidades do tempo o ROI não comporta.

Não se esqueça desses pontos na hora de analisar o seu ROI. Assim, evita-se possíveis enganos a respeito do cálculo, ok?

3 dicas para ter o melhor ROI no Marketing e na Comunicação

A criadora do método Inbound PR, Ariane Feijó, é especialista quando o assunto é conquistar os melhores retornos sobre investimento para as empresas. Isso porque a própria metodologia que ela criou presta bastante atenção a esse cálculo.

Por isso, confira algumas dicas especiais dela para conquistar retornos mais significativos:

  1. Comece construindo o patrimônio digital com o tráfego mais barato da internet: o da mídia própria. Produzir conteúdo otimizado para as ferramentas de busca, usando técnicas de SEO, traz retorno no médio e no longo prazo, de forma recorrente. 
  2. Garanta que cerca de 60% das visitas ao seu site são trazidas pelo tráfego orgânico: os 40% restantes devem ser distribuídos entre as outras mídias que você utiliza. E, alerta: se o maior tráfego é gerado por mídia paga ou redes sociais, você está pagando mais caro do que deveria.
  3. Garanta que a sua casa própria na internet, ou seja, o seu site, está sempre atualizado em termos de tecnologia: ver o site como uma casa, que sempre necessita algum ajuste ou reparo para estar de acordo com as melhores práticas digitais, é uma boa analogia para entender quando é preciso investir em um upgrade ou refação do seu site. E lembre-se: para ter o melhor ranqueamento nas ferramentas de Google, o WordPress é a plataforma mais indicada. Por isso, encontre um bom desenvolvedor e produza conteúdo periodicamente.

Quer saber mais sobre como produzir conteúdos de forma otimizada para o Google?

Então baixe o nosso e-book SEO: como falar a língua do Google!
Comentários
Share via
Copy link
Powered by Social Snap