Por que marketing de conteúdo e não relacionamento por conteúdo?

Sabe quando você escreve uma declaração super romântica? Você certamente está tentando construir ou manter um relacionamento. Um email ou mensagem (ou carta!) apaixonado têm os mesmos componentes que um texto com SEO cuidadinho e que fale a língua do Google:

Você vai usar palavras-chave e vai apelar para temas que chamem a atenção do ser amado para você.

Você vai escrever para um destinatário claro, afinal ninguém escreve uma declaração super romântica sem um destinatário.

Você vai escrever um texto único, endereçado para uma pessoa, afinal ninguém escreve uma declaração de amor idêntica para várias pessoas diferentes.

Isso define a diferença do marketing para o relacionamento: o marketing tenta falar com todos. O relacionamento é único e intransferível.

Conteúdo é relacionamento

Como no amor, é difícil separar as coisas. E embora apresentados assim, eles não são dissociados: marketing e relacionamento são dois lados da mesma moeda. Acontece que marketing virou fetiche. A sensação que dá é que tudo que tem marketing aparece mais, vende mais — e até engana melhor. O marketing é constantemente mal entendido e deturpado. E isso acontece porquê as pessoas ignoram o seu poder de construir relacionamentos.

É aí que entram as Relações Públicas. Um campo de estudo, uma profissão e uma mentalidade de construção de relacionamentos centenária. Para negócios, ideias e causas, as relações públicas têm o super poder de integrar todas as mídias. É como um diretor de cinema que planeja e escolhe a hora exata de cada ator entrar em cena: o jornalismo, a publicidade, o design – e até outras disciplinas, como a psicologia e arquitetura.

Isso acontece porque RP é transversal. Ela é necessária para qualquer profissão que precise se relacionar com os seus públicos. E para funcionar ela precisa ser multidisciplinar. Muita gente pensa que está precisando de marketing, mas na verdade esta precisando mesmo é construir relacionamentos.

Não importa como você qualifica o seu conteúdo – se é marketing ou se é relacionamento. A única coisa que você tem que entender é que conteúdo é como uma declaração apaixonada pelos seus futuros clientes. É conteúdo que os futuros clientes procuram no Google e é ele que fará você construir negócios melhores, vender mais e deixar a sua marca positiva no mundo.
O conteúdo é a essência dos relacionamentos estratégicos na era digital.

Se você quer acertar em cheio o coração da persona amada ? conheça este curso. A primeira edição será em POA, mas vamos circular com ele pelo Brasil.

Comentários
Share via
Copy link
Powered by Social Snap