Métricas de Marketing: o que considerar para o Inbound PR?

As métricas de Marketing são elementos fundamentais para um plano de Inbound PR.  Elas nos permitem acompanhar o desenvolvimento de projetos e de processos – diferença, aliás, muito importante para ter resultados de marketing com impacto em negócios. 

Na verdade, as métricas são ótimas para tudo – independente da área! É como se elas nos pegassem pela mão e nos dissessem quais são os caminhos mais certeiros para conseguirmos aquilo que tanto desejamos.

Para saber mais sobre as métricas de Marketing e de Inbound PR, quais são as suas funções e todas as vantagens que elas trazem, é só continuar com a leitura deste texto.

O que são métricas?

Métricas de marketing - Blog Otimifica

As métricas são os números utilizados para medir o desempenho das ações realizadas para atingir objetivos – isso nas mais variadas áreas. No Marketing, por exemplo, as métricas auxiliam a mensurar e monitorar as estratégias de Comunicação.

É comum que haja uma confusão entre métricas e indicadores, também conhecidos como KPIs (Key Perfomance Indicator). Por isso, é importante ressaltar que as métricas fomentam a criação de indicadores. Dessa forma, os conceitos se retroalimentam, com a diferença de que a métrica diz o que deve ser analisado, enquanto os indicadores mostram se, de fato, o resultado foi alcançado.

Métricas de processo e de sucesso: entenda as diferenças

Outra diferenciação importante é saber o que são métricas de processo e de sucesso. Imagine que você vai fazer um bolo

  • Você precisa de uma receita, com as quantidades, ingredientes e tempo de cozimento;
  • Ao finalizar o bolo, você experimenta e comprova se ficou bom ou não – ou seja, se deu o resultado desejado.

Fazendo a analogia do planejamento com um bolo, podemos entender o seguinte:

Métricas de processo

É seguir à risca a receita do bolo. As métricas de processo no Marketing permitem analisar, por exemplo:

  • Quantidade de conteúdo a produzir nas 4 mídias, por quem e quando
  • Passo a passo para garantir que as atividades sejam entregues no prazo
  • Revisões periódicas das atividades de marketing

Métricas de sucesso

É quando o bolo sai conforme o esperado após a preparação e o cozimento. No marketing, as métricas de sucesso permitem analisar, por exemplo:

  • Impacto do marketing nos resultados de negócio
  • Retorno do investimento feito em geração de demanda e reputação
  • Sucesso de campanhas e projetos, monitorados criteriosamente graças as métricas de sucesso.

Portanto, é fundamental que métricas de sucesso estejam relacionadas e sejam precedidas por métricas de sucesso.

O que são métricas de Marketing?

As métricas de Marketing são valores que permitem analisar se a empresa está tomando os passos corretos para atingir seus objetivos, definidos no Planejamento de Marketing Ágil. Portanto, aqui reside uma premissa para qualquer empresa que deseja bons resultados no Digital: observe os objetivos de negócio e estruture um plano que foque em gerar resultados para contribuir com tais objetivos.

Dessa forma, as métricas de Marketing permitem acompanhar o desempenho dos esforços do time para atingir bons resultados no site próprio, nas redes sociais, no funil de vendas, entre outros. Com um olhar atento a esses dados, é possível perceber quais ações estão funcionando ou, então, aquelas que precisam de algum reparo ou substituição. 

No segmento do Marketing Digital há diversas métricas que podem ser utilizadas – é sério, são muitas! Portanto, é preciso ter atenção na hora de escolher as métricas corretas para seu negócio, sempre levando em consideração quais são os seus objetivos. De forma geral, é possível separar as métricas de Marketing em conversão, atração e receita. Saiba mais sobre cada uma abaixo:

Métricas de atração

São utilizadas para entender como as pessoas chegam nos seus canais de Marketing – e, também, desenvolver ideias para atrair novos visitantes.

Exemplos de métricas de atração são:

  • Número total de visitas
  • Tráfego em dispositivos móveis
  • Conteúdo compartilhado

Métricas de conversão

Seu uso acontece para analisar o comportamento dos visitantes que fazem download de materiais do site. Nesse sentido, a métrica também é importante para entender como gerar mais leads.

Exemplos de métricas de conversão são:

  • Taxa de rejeição
  • Taxa de conversão no funil
  • Taxa de cliques (CTR)

Métricas de receita

Auxiliam a ter uma visão mais nítida sobre os valores investidos para gerar novas vendas, colocando-os em comparação com o retorno recebido.

Exemplos de métricas de receita são:

  • Retorno sobre o investimento (ROI)
  • Custo de aquisição por cliente (CAC)
  • Valor vitalício do cliente (LTV, na sigla em inglês lifetime value)

Qual é a importância das métricas para o Marketing Digital?

Para pensar na importância das métricas para o Marketing Digital basta pensar em como seria a vida sem elas. Como é desenvolver planejamentos sem saber quais resultados são relevantes para a empresa? Como saber se a marca está indo no caminho certo sem acompanhar qualquer tipo de indicativo disso? De que forma avaliar se melhorias propostas então, de fato, trazendo melhorias?

Não é possível avaliar sem mensurar, resumidamente. Colocar esforços em métricas é essencial para saber se o caminho que está sendo traçado leva a um final feliz ou não. Se haverá obstáculos, ou se o terreno está limpo para seguir adiante. Dessa forma, há muito mais assertividade na hora da tomada de decisão.

Também é importante ressaltar que as métricas auxiliam a dar concretude aos resultados da própria equipe de Marketing e Comunicação. Assim, fica muito mais fácil apresentar os avanços para outros times, como o de Vendas. E, por consequência, ter tal atividade valorizada.

Quer saber mais motivos pelos quais acompanhar as métricas de Marketing Digital é uma prática que precisa ser valorizada? Então confira, abaixo, algumas das vantagens que as métricas trazem:

  • Auxílio para um crescimento de negócio saudável
  • Entendimento de quais ações podem estar sendo caras e com baixo resultado
  • Escolha de ações com base em dados comprováveis
  • Revelar como está o desempenho dos planejamentos de Marketing
  • Mostrar aos colaboradores os efeitos positivos do seu trabalho
  • Elucidar problemas que podem estar escondidos

Quais são as métricas de Inbound PR, afinal?

No Inbound PR, a definição de métricas e indicadores começa no Planejamento de Marketing Ágil. Após um cuidadoso diagnóstico com o Otimindex, da análise de públicos, criação ou revisão da persona e jornada, criamos o Canvas da Comunicação. E é no Canvas que determinamos o que vamos medir para avaliar o quanto estamos conseguindo atingir as audiências desejadas.

Na hora de determinar os indicadores, nós avaliamos algumas métricas específicas junto com a equipe de Marketing e de gestão do cliente. Isso tendo como base os impactos desejados com o nosso trabalho.

Confira, abaixo, alguns exemplos de métricas avaliadas na metodologia Inbound PR:

Métricas de sucesso

A companhia deseja desenvolver a mentalidade digital junto à diretoria, equipes, clientes ou fornecedores.

  • Avaliação de desempenho do time de Marketing
  • Tráfego do site
  • Aderência tecnológica
Maturidade digital

A companhia busca mudar de patamar de maturidade digital para melhorar a visualização de dados, a predição e a tomada de decisões de forma mais data-driven.

  • SEO
  • Tráfego do Site
  • Percentual do tráfego em cada uma das 4 mídias
  • Autoridade no Google
Predição de resultados de comunicação

A companhia  deseja conhecer os impactos do trabalho sincronizado na comunicação, que para muitos ainda é intangível. No Inbound PR, tanto a comunicação online, quanto offline são medidas.

  • Visitas orgânicas geradas
  • Visitas trazidas por mídia espontânea (imprensa e influenciadores)
  • Percentual do tráfego em cada uma das 4 mídias
Reputação digital

A companhia  deseja construir, aumentar ou manter a reputação digital e os impactos no all line.

  • Otimização técnica do site
  • SEO
  • Uso de tecnologias condizentes com o estágio de maturidade digital da companhia
Construção e manutenção de patrimônio digital

A companhia  deseja construir, aumentar ou manter o patrimônio digital e os impactos no all line.

  • Otimização técnica do site
  • SEO
  • Otimização de conteúdo
  • Monitoramento do site 24×7
Objetivos de negócio

A companhia deseja ver ampliados os impactos do marketing e da comunicação nos objetivo de negócio, em termos de reputação, engajamento, visibilidade, geração de leads qualificados, relacionamento pós-venda ou aumento de market share, com redução do ROI em anúncios pagos.

  • Aumento do ROI nas 4 mídias
  • Tráfego orgânico correspondente a 60% do total
  • Redução de investimentos em tráfego orgânico
  • Geração de leads qualificados
  • Aumento das vendas geradas por tráfego orgânico
©️Indicadores e métricas de Inbound PR, por Ariane Feijó. Todos os direitos reservados.

Ah, aqui vai um adendo! Se você já trabalha com funil de marketing e vendas, confira também as métricas que pode considerar em cada estágio no nosso material gratuito sobre Funil de Marketing Digital e KPIs.

Como transformar as métricas de Inbound PR em resultados?

Aqui na Otimifica, o processo para transformar métricas em resultados passa pelo preenchimento do Canvas da Comunicação. Vale lembrar que ele é um template no qual indica-se os fatores-chave da Comunicação da empresa, como emissor, receptor, canais, entre outros.

Uma das grandes inovações do Canvas da Comunicação enquanto planejamento tático, porém, é justamente a parte das métricas! Aqui, o raciocínio segue a linha de pensar em quais objetivos a marca deseja atingir em um período de tempo estimado. Por exemplo: se há o desejo de gerar um determinado número de leads em um semestre, quais estratégias podem ser tomadas para contribuir com este número?  

Então, um alerta: de forma geral, toma-se o caminho contrário. Ou seja, partir de uma ação para atingir uma métrica de vaidade, e não partir do foco no objetivo para elaborar planos. Em suma: para transformar métricas em resultados é preciso enxergá-las como fontes de inspiração para ações e metas.

Ferramentas para análise de métricas de Marketing Digital

Certo – você já entendeu os principais benefícios das métricas no Marketing Digital e no Inbound PR. A dúvida que resta agora é: quais recursos utilizar para ter todos esses números contabilizados e organizados? 

Por isso, confira abaixo as nossas dicas de ferramentas para análise de métricas de processo e de sucesso:

  • RD Station: uma das queridinhas entre profissionais de Marketing e Comunicação. A ferramenta possibilita acompanhamento na geração de leads e funil de vendas, além do controle de newsletter e, também, análises das diferentes mídias, como própria e social.
  • Google Analytics: todo profissional da área de Marketing e Comunicação já passou pelo famoso “G.A.”. Ele permite acompanhar os dados do site, como acessos, origem dos visitantes e tempo de permanência nas páginas. Além disso, pode gerar relatórios customizados conforme a data escolhida.
  • Hotjar: essencial para quem deseja melhorar a experiência do usuário em um site. A ferramenta possui a função de heatmap, que revela os locais que o mouse do visitante passou pela tela – incrível, né? Essa e outras informações auxiliam a pensar em layouts mais otimizados do site, aumentando a taxa de engajamento do mesmo.
  • Google Search Console: serviço gratuito do Google, o GSC permite a verificação do status de indexação dos sites, contribuindo para a otimização da sua visibilidade. Além disso, a ferramenta auxilia a acelerar a velocidade de carregamento das páginas.

Cuidado: as métricas de vaidade podem atrapalhar você

Ao longo deste texto repetimos que o grande valor das métricas é gerar boas ideias para pensar em metas e ações que gerem resultados, certo? Então… as métricas de vaidade seguem em um caminho contrário. Explicamos:

As métricas de vaidade recebem esse nome pois a sua função é, justamente, vangloriar as equipes de Marketing com números altos que, na realidade, não significam muito. Sendo assim, elas não geram reais oportunidades de negócio, pois não estão amparadas em um estudo de dados de faça sentido – e essa é a principal razão de ser de uma métrica verdadeira. 

Pense com a gente: do que adianta um grande número de seguidores em uma rede social, se eles pouco interagem com a sua conta? Ou, então, milhares de acessos no site, se tais visitantes não tornam-se de leads e, assim, passam longe de gerarem vendas? Dessa forma, ressaltamos: não precisamos alcançar um número gigante de pessoas mas, sim, aquelas personas que realmente nos desejam.

 

Para não ser mais enganado, confira alguns exemplos de métricas de vaidade abaixo:

  • Visualizações de página ou vídeos no YouTube
  • Taxa de rejeição (futura taxa de engajamento!)
  • Seguidores em redes sociais
  • Taxa de abertura do e-mail
  • Impressões de anúncios

Baixe o Canvas da Comunicação

Para potencializar o poder das métricas no seu negócio, preencha agora mesmo o seu Canvas da Comunicação gratuitamente!
Comentários
Share via
Copy link
Powered by Social Snap