5 dicas de etiquetas na hora de captar lead - Otimifica

Uma das buzzwords do momento no mundo dos negócios, sem dúvidas, é lead. Ninguém mais busca por likes ou curtidas, bom mesmo é ter lead. E se eles forem qualificados então, é ouro puro para o departamento comercial das empresas.

Porém, estratégias de inbound marketing focadas unicamente na captação indiscriminada de leads acabam por escorregar no bom senso e nas regras de etiquetas do relacionamento com o cliente. Quando isso acontece, ao invés de cativar o lead, o conteúdo e a sua empresa se transformam em spam 🙁

Para você não cometer nenhuma gafe, separamos algumas dicas:

1ª Não compre lead:

Comprar mailling é uma tentação, nós sabemos, ainda mais quando seu amigo tem uma base com a cara da sua persona e ainda por cima é de graça. Imagine que empresas estão vendendo seus dados para outras empresas, sem você ter autorizado. Acho que você não gostaria disso, certo?

Dica: Se a tentação for maior que você, procure aquecer os leads através de uma campanha de mídia paga, antes de enviar o e-mail. Construa relacionamento!

2ª Peça permissão:

Bem, você não gostaria que enviassem mensagens ao seu whatsapp sem permissão certo? O mesmo funciona para e-mail. Não envie e-mail de forma indiscriminada e sem uma opção de descadastro da sua base.

Respeitar o espaço da persona é tão importante quanto entender qual o interesse dela na sua empresa.

Dica de ouro: sempre se coloque nos pés da persona. Faça um exercício de empatia. No lugar dela você gostaria de receber um e-mail de uma empresa com a qual você nunca conversou?

Saiba mais sobre marketing de permissão

3º Envie a mensagem certa:

Certifique-se que a sua automação está direcionada para a base certa. Nada mais desagradável do que ficar recebendo mensagem com conteúdo direcionado para outra pessoa.

Dica: Estude a sua base antes de construir a segmentação e considere sempre a exclusão de leads indevidos.

4º Cuide o horário:

Muitas pessoas têm suas caixas de e-mail sincronizadas com o celular. Nada mais desagradável que receber alertas de mensagem durante a madrugada, finais de semana ou feriado, a não ser que a sua empresa seja relevante para a persona naquele momento. Certifique-se que suas mensagens foram programadas em dias úteis e que automações não caiam em finais de semana.

Dica: se a sua empresa atua em regiões com fuso horário distinto. Estude a possibilidade de segmentar a sua base de leads para envio.

5º Saiba a hora de parar:

Réguas de automação existem não para importunar a persona e tentar convencê-la a mudar de opinião ou se relacionar com a sua empresa através da insistência. É preciso saber a hora de parar.

Mas isso significa que o lead não é qualificado? Depende. Há uma série de variáveis que influenciam. Talvez o conteúdo não seja relevante para a persona no estágio do funil que ela se encontra, neste caso é preciso reavaliar a jornada da persona.

Dica: Crie regras para que caso a persona não abriu suas duas primeiras mensagens, que ela automaticamente seja excluída da sequência da automação.

Agora que você já entrou no clima da boa conduta aproveite para fazer aquela revisão em todas as suas automações de e-mail marketing. Crie um check-list de pontos que a sua equipe deve sempre lembrar ao fazer uma nova automação.

É importante sempre ter em mente que o e-mail é uma ferramenta estratégica que pode converter em vendas no seu negócio. Use com sabedoria e ponderação. O mais importante sempre é se colocar no lugar a persona e pensar em possibilidade e contextos que a comunicação será recebida.