Automação de marketing: o que é, quais suas funções e como escolher a sua

Mais tempo disponível para mais ideias criativas: é isso que a automação de marketing oferece, no mínimo, para as marcas. Essa funcionalidade pode ser uma grande aliada das equipes de marketing se for bem escolhida e, claro, bem dominada pelos times.

Desde o envio de e-mails até o agendamento de publicações em redes sociais, as ferramentas de automação de marketing possuem diversas funções – mesmo! Acompanhado disso, também entregam muitos benefícios. Saiba mais sobre o assunto com a leitura do texto.

O que é automação de marketing?

A automação de marketing é o processo de utilizar softwares inteligentes que auxiliam na aceleração dos processos de Marketing. Tais ferramentas permitem a diminuição do trabalho manual, o que consequentemente fornece mais tempo livre para os analistas de Marketing da equipe.

Algumas das possibilidades das plataformas de automação de marketing são:

  • Agendamento de publicações em redes sociais
  • Uso de chatbots
  • Segmentação de contatos
  • Gestão e nutrição de leads
  • Qualificação de leads
  • Envio de newsletter

Principalmente no que tange o contato com os leads, a automação de marketing tem o seu potencial destacado. Isso porque ela permite que as etapas da jornada do cliente aconteçam de forma automatizada, acelerando o processo como um todo. 

Dessa forma, o tempo otimizado permite uma maior personalização do relacionamento com os leads. Logo, fica mais fácil conquistar contatos novos, bem como manter aquecidos aqueles que já estão na base.

Para que serve automação de marketing?

A gente já falou aqui o quanto a automação de marketing é importante para otimizar o tempo das equipes, deixando a agenda mais livre para pensar em novas estratégias de trabalho. E é precisamente o caráter organizacional da automação de marketing que auxilia na gestão de todos os processos no digital.

Imagine só: uma empresa com um site otimizado, um bom número de acessos no seu blog, um fluxo constante de compras no seu e-commerce… Como essa marca vai conseguir dar conta de estudar todos esses leads? De conversar com seu público? De produzir o tipo de conteúdo que sua persona precisa?

Para além de otimizar o tempo, a automação deixa o trabalho do Marketing mais inteligente, personalizado e empático. Isso especialmente no que diz respeito ao contato com leads e sua transformação em lead qualificados. É com a automação de marketing que se faz o lead tracking, entendendo como conduzir o potencial cliente pelo funil de vendas até chegar na compra.

Quem pode usar automação de marketing?

Talvez você esteja pensando que a automação de marketing só faz sentido para grandes empresas, especialmente as já consolidadas no meio digital. E certamente a automação de marketing é fundamental para elas. Porém, essa preciosa ferramenta faz bem para todo mundo!

Em pequenas empresas, a automação de marketing serve como um diferencial competitivo muito importante. Afinal, desde o seu início as marcas já aprendem a como se relacionar com mais efetividade com seus clientes. Por consequência, tende a conquistar mais compradores e manter aqueles já fidelizados.

Por sua vez, para as médias empresas, a automação de marketing auxilia em processos mais complexos, típicos desse nível de negócio. Por exemplo, na criação de fluxos que antes eram escritos de forma manual. Ou, então, no estudo de relatórios para criar estratégias mais precisas.

Se pequenas e médias empresas já podem se beneficiar do uso da automação de marketing, o que resta dizer sobre as grandes empresas? Para elas, esse tipo de ferramenta é imprescindível para manter os bons resultados conquistados até aqui – e sempre almejando por mais, é claro.

Quais os benefícios da automação de marketing?

Seja para pequenas, médias ou grandes empresas, a automação de marketing traz muitos benefícios – vem ver:

  • Geração de vendas: um dos objetivos principais que fazem as empresas buscarem pela automação de marketing. Se bem trabalhada, além de gerar novas vendas o mecanismo auxilia a fidelizar clientes;
  • Nutrição de leads mais eficiente: além de auxiliar no envio de e-mails, a automatização de marketing permite separar clientes por seus níveis de interesse. Assim, ajuda a enviar o conteúdo certo na hora certa;
  • Aceleração do ciclo de vendas: justamente em função de uma nutrição mais qualificada os ciclos de vendas tendem a diminuir com o uso de ferramentas de automação de marketing. Afinal, o lead percorre o funil de vendas com mais rapidez já que está sendo bem informado acerca do seu problema;
  • Redução do Custo de Aquisição do Cliente (CAC): devido automatização do trabalho do time de Vendas, que pode replicar processos com resultados positivos para vasta gama de clientes;
  • Facilita cálculo do Retorno Sobre o Investimento (ROI): já que as ferramentas de automação permitem saber de que ponto exato saiu cada cliente do Marketing; 
  • Otimização do tempo: a automação de marketing facilita o acompanhamento dos leads ao longo do funil de vendas. Além disso, auxilia equipes de marketing a perceber quais leads não são qualificados para as marcas e, portanto, podem ser dispensados;
  • Aumento da produtividade: isso porque a equipe gasta menos tempo em tarefas que outrora poderiam ser manuais;
  • Geração constante de novas ideias: as ferramentas de automação de marketing possuem relatórios próprios e, com eles, é possível que as equipes tenham uma fonte rica de ideias para futuros planos de ação.

O que é e o que faz uma ferramenta de automação de marketing?

Como você pôde ver até aqui, as ferramentas de automação de marketing são super completas e oferecem um grande apoio para a gestão de marketing das empresas. Desde a criação de landing pages até a geração de relatórios elas estão lá, otimizando o trabalho.

Porém, um ponto importantíssimo: ferramenta de automação de marketing não faz milagre sozinha, certo? É preciso que a equipe se empenhe em saber aproveitar o que ela oferece de melhor, além de planejar adequadamente os fluxos que a ferramenta deve obedecer.

Confira, abaixo, algumas das principais funções das ferramentas de automação de marketing:

  • E-mail marketing: o ponto basal de uma ferramenta de automação de marketing. Com o e-mail marketing é possível disparar e-mails em fluxos e, também, em envio segmentados. Além disso, pode-se acompanhar indicadores, como taxa de entrega e de abertura de e-mail;
  • Origem dos leads: ou seja, a partir de qual interação um visitante tornou-se lead? O download de algum material rico, um cupom promocional, um anúncio pago…?
  • Nutrição de leads: a equipe de marketing elabora um fluxo de nutrição de leads, que deve ser inserido na ferramenta de automação de marketing para automatizar o processo;
  • Lead tracker: rastreamento das interações do lead com a empresa, ajudando a entender quais os interesses dessas pessoas;
  • Lead scoring: distribuição de pontos para os leads, tornando uns prioridade em detrimento de outros. Isso ajuda no processo de nutrição;
  • Criação de LP’s: a partir de modelos prontos e personalizáveis, o que automatiza o processo;
  • Testes A/B: testes entre duas opções para ver qual tem melhor desempenho. Por exemplo, é possível enviar um mesmo e-mail mas com um título diferentes para grupos distintos de pessoas. O que tiver a maior taxa de abertura vence;
  • Integração com equipe de Vendas: é indicado integrar ferramentas de automação de marketing com o CRM de equipe de Vendas, gerando uma melhor comunicação com o time de Marketing. Além de, é claro, um melhor atendimento ao cliente, que chega mais rápido ao vendedor;
  • Agendamento de posts: além de programar publicações nas redes sociais, é possível acompanhar a performance delas;
  • Geração de relatórios: todas essas possibilidades de uso resultam em relatórios completos que retratam o andamento do lead pelo funil de vendas.

Como escolher a melhor ferramenta de automação de marketing?

Existem diversas opções de ferramentas de automação de marketing – mas e aí, como fazer para escolher aquela que mais se encaixa para a sua equipe? A gente traz algumas dicas do que levar em consideração na hora dessa decisão:

  • Funcionalidades: falamos acima sobre as principais funções que uma ferramenta de automação pode oferecer para as equipes de marketing. Por isso, pense bem em quais delas são essenciais para seu time e veja, então, quais serviços as oferecem;
  • Preço: claro – o essencial de tudo é escolher a ferramenta que mais se adeque aos seus objetivos. Porém, não podemos ultrapassar orçamentos, certo? Então, atente-se bem na hora de escolher as funcionalidades, pensando em qual realmente são necessárias. Até porque, via de regra, quanto mais funções, mais cara a contratação;
  • Treinamento: estando sua equipe familiarizada ou não com ferramentas de automação de marketing é preciso que a empresa contratada ofereça um treinamento para usar seu serviço.
  • Atendimento: justamente por serem tão completas é comum que as ferramentas de automação de marketing também gerem bastante dúvidas. Sendo assim é essencial que a empresa contratada pela sua equipe possua um atendimento eficaz, evitando deixar o time na mão;
  • Usabilidade: é importante escolher uma ferramenta que seja amigável e intuitiva, facilitando o seu uso no dia a dia;
  • Personalização: as ferramentas de automação de marketing são ótimas justamente por otimizar processos. Dito isso, também é recomendado que elas possuam a possibilidade de personalização para os casos em que a equipe desejar uma ação mais única.

Uma ferramenta de automação ajuda no processo de acompanhamento do seu funil.

Baixe gratuitamente o nosso infográfico sobre funil de marketing digital e KPIs!
Comentários
Share via
Copy link
Powered by Social Snap